CATEGORIA

SPIC Brasil conclui operação para financiar projetos solares no Nordeste brasileiro

26 de dezembro de 2023

A SPIC Brasil concluiu a Emissão de Notas Comerciais no montante de R$ 1.3 bilhão, direcionadas à implantação de projetos de geração de energia solar fotovoltaica no Nordeste do país. A operação foi realizada com os bancos Bradesco BBI e Santander e os desembolsos ocorreram ao longo dos meses de julho e de dezembro desse ano, sendo que toda a operação foi concluída em 21 de dezembro de 2023.

Os recursos serão importantes para financiar a conclusão dos primeiros parques de energia solar da SPIC no Brasil: os complexos solares de Panati, na cidade de Jaguaretama (CE), e de Marangatu, em Brasileira (PI). Juntos, eles totalizam 738 MWp de capacidade instalada e representam a entrada da companhia na geração de energia de fonte solar no Brasil. Atualmente os projetos se encontram em fase final das obras, com início das operações previsto para o primeiro semestre de 2024.

A SPIC Brasil terá até o dia 14 de julho do próximo ano para liquidar essa dívida com os bancos emissores das Notas Comerciais. A estratégia é fazer o pagamento a partir de novas captações para financiamentos de longo prazo.

Com ativos que somam mais de 3 GW no Brasil, a SPIC já opera a Usina Hidrelétrica São Simão, na divisa entre os estados de Minas Gerais e Goiás, dois parques eólicos na Paraíba – Millennium e Vale dos Ventos – e tem participação no maior complexo de gás natural da América Latina, o GNA (Gás Natural Açu), em São João da Barra (RJ).

O que procura?