CATEGORIA

SPIC Brasil fecha financiamento de R$ 282 milhões com o BNB para instalação de dois parques eólicos no Rio Grande do Norte

11 de janeiro de 2023

Nordeste é considerado parte fundamental da expansão da SPIC Brasil. Foco é crescer com geração de energia renovável. 

A SPIC Brasil fechou contrato de financiamento de R$ 282,2 milhões, junto ao Banco do Nordeste (BNB). O aporte será destinado para a instalação dos parques eólicos Pedra de Amolar I, Pedra de Amolar II e o Paraíso Farol II. Eles estão localizados no município de Touros, no Rio Grande do Norte.

Os recursos do BNB são do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), uma linha remunerada pelo IPCA+3,68% a.a. e com pagamento em 24 anos. O crédito será liberado conforme o cronograma de desembolso e evolução das obras. A consultoria Itaca Advisory atuou como assessora financeira na transação.

Instalação de parques eólicos no Nordeste 

A empresa já está implantando dois parques solares na região, com 738 MW de capacidade, numa parceria com a Canadian Solar. As unidades entram em operação em 2024, nos municípios de Brasileira (PI) e Jaguaretama (CE). Juntamente com as novas eólicas do RN e dois parques já operacionais na PB, são quase 1 GW de capacidade instalada no Nordeste do país.

O complexo eólico é mais um avanço na geração de energia sustentável. Inclui, além dos dois parques, a construção da central Paraíso Farol III, financiada por outra modalidade de crédito e que ainda está em análise. Mais de 20% dos recursos empregados nos empreendimentos são de capital próprio da companhia. Ao todo, as novas Centrais de Geração Eólica, que são projetos greefield, terão, aproximadamente, 105 MW de capacidade instalada.

Crescimento com geração de energia sustentável

A SPIC Brasil tem ativos que somam mais de 3 GW no Brasil. A empresa é a quinta maior geradora privada do país, com foco em fornecimento de energia segura e com respeito às comunidades onde atua. As obras no RN irão contribuir para a geração de emprego e divisas na região, além de colaborar com a transição energética do país.

“Queremos chegar em 2025 entre os três maiores do setor. Os investimentos no Nordeste são fundamentais em nossa estratégia de crescimento, onde planejamos aplicar aproximadamente R$ 6,5 bilhões nos próximos anos, com foco na geração de energia renovável”, diz Paulo Dutra.

Para continuar a acompanhar os projetos da SPIC Brasil, acompanhe, também, nosso Instagram: https://www.instagram.com/spicbrasil/ 

O que procura?