CATEGORIA

Governo do Ceará assina protocolo de intenção para expansão de complexo solar no Vale do Jaguaribe

02 de março de 2023

Na manhã desta quinta-feira (2), o governador Elmano de Freitas assinou protocolo de intenção com executivos da SPIC Brasil, para construção de complexo solar em Jaguaretama, município situado no Vale do Jaguaribe. Estiveram presentes, além dos representantes da empresa, o secretário do Desenvolvimento Econômico, Salmito Filho; o presidente da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), Danilo Serpa; o prefeito de Jaguaretama, Glairton Cunha; e outras autoridades.

“Temos no Ceará uma oportunidade histórica de produzir energia renovável a um preço competitivo, gerar emprego e renda para os cearenses e promover o desenvolvimento econômico e social do nosso estado”, comentou o governador.

Energia solar 

O Complexo Solar Panati-Sitiá é uma iniciativa da parceria entre os Grupos SPIC Brasil e Canadian Solar, que têm atuação consolidada dentro e fora do País no setor elétrico e especialmente no desenvolvimento e operação de projetos de geração de energia por fontes renováveis. A SPIC Brasil, por exemplo, que é líder mundial em energia solar, conta com dois complexos solares em fase de obra no Nordeste do Brasil, um em Jaguaretama (Panati) e outro em Brasileira (Marangatu), no Piauí.

O investimento será destinado à instalação de uma nova unidade em Jaguaretama, consolidando o Complexo Panati-Sitiá com oito unidades (6 Panati + 2 Sitia) em uma área de 741,57 hectares. Ao longo da fase de construção dos empreendimentos, serão gerados em torno de 900 postos de trabalho, sendo 300 empregos diretos e 600 terceirizados. Os trabalhadores devem ser recrutados, preferencialmente, por meio do Sistema Público de Emprego – Sine/IDT.

Capacidade instalada

Cada nova unidade deverá produzir com potência total instalada de (MW) de 25MW e capacidade de geração de energia elétrica anual de 71.827 MW/h. Assim, a capacidade instalada do complexo pode chegar a 292 MWp. Isso é suficiente para o abastecimento de cerca de 350 mil residências.

”A SPIC Brasil reconhece o grande potencial do Ceará e por isso investe em um empreendimento desse porte. A parceria com o governo do estado gera emprego, renda e transformação social. Além disso, o projeto de Panati coloca o estado em evidência no mercado internacional de energia solar.”, afirma André Pereira – COO da SPIC Brasil

O prefeito de Jaguaretama, Glairton Cunha, ressaltou que o projeto marca um novo ciclo econômico para a região.

“É um momento de muita felicidade e alegria, porque vivemos um momento de transformação econômica em nosso município. O Governo do Estado tem apoiado bastante esse e outros projetos importantes para a transição”, destacou.

Salmito Filho, secretário do Desenvolvimento Econômico, falou sobre o potencial do Ceará para atrair negócios com foco na sustentabilidade.

“É uma determinação do governador criar o melhor ambiente de negócios para as empresas que já estão no Ceará, bem como as que pretendem se instalar no estado. O Estado terá o cuidado de alinhar as Escolas Profissionalizantes para qualificar os cearenses com foco nesse mercado”, pontuou.

O apoio acontece dentro do Programa de Incentivos da Cadeia Produtiva Geradora de Energias Renováveis (Pier), do Fundo Estadual de Desenvolvimento da Indústria.

Saiba mais sobre os investimentos da SPIC em geração de energia no Brasil, acompanhe nosso Instagram: https://www.instagram.com/spicbrasil/

O que procura?