CATEGORIA

Modernização da Usina Hidrelétrica São Simão entra em estágio avançado e mobiliza comunidade

24 de julho de 2023

Em 2023, cerca de 300 trabalhadores estarão dedicados ao projeto responsável por trazer mais eficiência e segurança para usina, que neste ano completa 45 anos de operação

A modernização da Usina Hidrelétrica São Simão chega em uma de suas fases mais movimentadas. Neste ano, está em andamento o quinto e maior módulo das obras, que inclui a modernização de todos os equipamentos da Casa de Força e Tomada D’Água. As unidades geradoras também já entraram no processo.

No segundo semestre,  cerca de 300 trabalhadores estão dedicados exclusivamente às obras conduzidas por empresas contratadas pela SPIC Brasil, responsável pela operação da usina e pelo investimento de mais R$ 1 bilhão ao longo dos anos de projeto. 

Status da modernização da Usina São Simão

Desde 2019, cinco de um total de sete módulos, que dividem a implementação do projeto, foram concluídos ou estão em andamento. No módulo 5, as unidades geradoras serão  modernizadas uma a uma. Elas são as estruturas responsáveis pela transformação da energia potencial da água que  movimenta as pás da turbina em energia elétrica. 

A unidade de número 2, composta por um gerador, uma turbina e seus auxiliares, será a primeira a ser desligada e modernizada em um período de aproximadamente 10 meses, com a finalização das obras prevista para maio do próximo ano. A expectativa é  que todas as unidades geradoras da UHE estejam modernizadas até o final de 2029. 

Empregabilidade 

Ao longo de 2023, as obras de modernização envolvendo todos os módulos em andamento mobilizarão mais de 350 trabalhadores, alocados principalmente nas áreas de administração, construção civil, elétrica, mecânica e química. As vagas disponíveis são abertas conforme a evolução do projeto e ficam sob responsabilidade do consórcio executor e parceiros envolvidos.  

“O trabalho exige os melhores profissionais do setor, atuando com alta performance de  organização e eficiência. A contratação de mão de obra nesse ano será de  responsabilidade das empresas contratadas para a execução da modernização,  cabendo à SPIC Brasil a fiscalização e monitoramento das atividades, bem como a manutenção da comunicação para a comunidade”, explica André Pereira, COO da SPIC  Brasil. 

A UHE São Simão completou, em junho, 45 anos de operação e é considerada uma das usinas hidrelétricas mais seguras do país. Segundo André, a modernização é fundamental para garantir a boa atuação e disponibilidade da usina pelos próximos anos.  

“Os resultados deste projeto tornarão a UHE São Simão ainda mais eficiente, segura e confiável para o fornecimento de energia ao Sistema Interligado Nacional (SIN),  colaborando para o desenvolvimento da região e todo o país”, conclui. 

Portas abertas com a comunidade 

A SPIC Brasil mantém diálogo aberto e constante com as comunidades que vivem no entorno da UHE para tirar dúvidas e dar mais informações sobre o projeto de modernização. O contato pode ser realizado através do e-mail  portasabertas@spicbrasil.com.br 

O que procura?