Mídia

Inscrições para o programa de inovação aberta da SPIC são prorrogadas até a próxima sexta-feira, dia 2 
Programa de inovação aberta chega a sua terceira edição e irá selecionar quatro propostas, com valores de investimento que podem chegar a R$ 8 milhões As inscrições para o programa Geração Inovação da SPIC 2024 foram prorrogadas até a próxima sexta-feira, dia 2 de fevereiro. Startups, centros de pesquisa, universidades e empresas de base tecnológica que desejam contribuir com o setor elétrico brasileiro, podem inscrever seus projetos na terceira edição do programa, que é uma iniciativa da SPIC Brasil, uma das maiores geradoras privadas de energia do País.  Podem ser inscritos até dois projetos por desafio, com valores de referência de no máximo R$ 2 milhões para cada, totalizando R$8 milhões para os quatro selecionados. O prazo para implantação é de 18 meses. Os valores serão aplicados conforme regulamento do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do Setor de Energia Elétrica da ANEEL.  Desafios de inovação O objetivo é selecionar soluções que colaborem para maior eficiência operacional para a Usina Hidrelétrica São Simão (situada entre as divisas dos estados de MG e GO e operada pela SPIC). Serão selecionadas quatro propostas inovadoras dentro dos seguintes desafios: Análise contínua da qualidade de óleo hidráulico. Monitoramento preditivo devido a cavitação. Navegação em BIM integrado aos dados de O&M. Análise automatizada de formulários de saúde e segurança. “O Programa Geração Inovação visa colaborar com a digitalização e eficiência das usinas hidrelétricas brasileiras, a partir modelagem 3D, desenvolvimentos de softwares mais modernos e evolução dos processos de transformação digital. E a realização de sua terceira edição demonstra nossa constância e compromisso em fomentar a evolução da inovação no setor”, conclui Adriana Waltrick – CEO da SPIC Brasil. Regulamento O regulamento completo e link para os formulários de inscrição estão disponíveis no site da companhia, https://energia.spicbrasil.com.br/geracao-inovacao-2024. Nesta terceira edição, a consultoria a auxiliar a SPIC no processo de seleção e na avaliação das equipes de cada projeto inscrito será da Liga Ventures. Veja, também, a live sobre a terceira edição do Geração Inovação para saber mais.    https://www.youtube.com/watch?v=0TaYQaE9iko  
Adriana Waltrick participa do videocast “Pacto Com o Futuro”, da CBN
CEO da SPIC Brasil foi convidada especial do programa para falar sobre ética, transparência e integridade como impulsionadores de uma sociedade mais justa e sustentável. A CEO da SPIC Brasil, embaixadora do ODS 16 e Líder de ImPacto, Adriana Waltrick, foi convidada para participar do podcast Pacto Com o Futuro, da CBN em parceria com a Rede Brasil do Pacto Global, junto ao jornalista Mílton Jung e o CEO do Pacto Global, Carlo Pereira. Com o tema “Ética + Movimento Transparência 100%”, o episódio discutiu a importância da atuação transparente para construir negócios mais eficazes e como a integridade ajuda a direcionar o Brasil a um futuro melhor. ODS 16: transparência é base das empresas eficazes Para Adriana, a transparência é um movimento que impulsiona a performance das empresas e o país rumo ao desenvolvimento sustentável. “A liderança transparente forma times melhores, soluções mais rápidas e, por fim, empresas com maior performance. Acreditamos que isso catalisa o país e o mundo para frente ”, comenta ela. Como embaixadora do ODS 16 da ONU (Paz, Justiça e Instituições Eficazes), Adriana reforçou o compromisso da SPIC Brasil na construção de uma cadeia de valor mais inclusiva, justa e transparente em todos os níveis, dentro e fora da empresa. Selo Pró-Ética O Selo Pró-Ética, conquistado pela SPIC Brasil em novembro de 2023, foi outro destaque abordado no programa. Concedido pela CGU (Controladoria Geral da União), a premiação reconhece a excelência em integridade, ética e transparência de empresas no cenário nacional. Para Adriana, o selo vai muito além de um reconhecimento. “Para nós, ele indica os nossos valores, a nossa cultura, com quem a gente faz negócios, e como queremos influenciar o mundo e o futuro através do nosso negócio principal, a geração de energia elétrica renovável”, reforça a CEO. Ética, transparência e integridade O selo, entretanto, não existe sem que estejam presentes os princípios da ética, governança e transparência. Na SPIC Brasil, investigamos diversos quesitos em todas as nossas relações de valor para garantir uma atuação íntegra com nossos públicos de interesse. Como destaca Adriana, “nossa meta é manter e melhorar esses quesitos continuamente, e levá-los para a nossa cadeia de valor e influenciar todos os lugares por onde a nossa energia passar”. Pacto Global: destaque para missão anticorrupção Hoje, as empresas são fortemente cobradas por ações coletivas anticorrupção. Para Carlo Pereira, CEO do Pacto Global, chegamos a um mercado mais íntegro quando negócios e diferentes setores da sociedade se unem para discutir os dilemas de corrupção e integridade, e tomar ação sobre isso. Já Adriana comenta que as ações coletivas “são compromissos para dentro e fora da empresa, para o presente e futuro”. Ela também destaca a importância da plataforma do Pacto Global para o time da SPIC Brasil, na troca de experiências e criação de ondas positivas para desenvolver o coletivo no dia a dia. Cultura ética Para finalizar o encontro, Adriana e Carlo comentaram sobre como construir uma cultura com transparência e ética nas empresas. Para Adriana, é preciso “começar pelo simples. Não adianta querer fazer tudo, e não fazer nada. Outra prática é ter um canal de ética muito claro e totalmente independente. E o terceiro ponto é começar a avaliar a sua cadeia de valor o quanto antes”. Já para Carlo, é importante “ter uma política de consequências para quem passar o sinal vermelho. É importante que a cultura esteja internalizada.” Podcast Pacto Com o Futuro O podcast Pacto Com o Futuro é apresentado pelo jornalista Mílton Jung e o CEO do Pacto Global da ONU no Brasil, Carlo Pereira, e aborda temas ligados à ESG (Governança Ambiental, Social e Corporativa, em português) para a construção de uma sociedade melhor para todos. Escute o episódio na íntegra com participação da CEO da SPIC Brasil, Adriana Waltrick: https://www.youtube.com/watch?v=0EEiMd75gF0
Geração Inovação: abertas inscrições de novo desafio para startups
Programa de inovação aberta chega a sua terceira edição e irá selecionar quatro propostas, com valores de investimento que podem chegar a R$ 8 milhões [ez-toc] Startups, centros de pesquisa, universidades e empresas de base tecnológica que desejam contribuir com o setor elétrico brasileiro, podem, a partir do dia 15 de janeiro, inscrever projetos na terceira edição do Geração Inovação, parte da Chamada Pública do Programa de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PDI) da ANEEL (agência reguladora do setor).  O Geração Inovação é uma iniciativa da SPIC Brasil, uma das maiores geradoras privadas de energia do País. O objetivo é selecionar soluções que que colaborem para maior eficiência operacional para a Usina Hidrelétrica São Simão (situada entre as divisas dos estados de MG e GO e operada pela SPIC). Diretrizes Os interessados podem inscrever até dois projetos por desafio, com valores de referência de no máximo R$ 2 milhões para cada, totalizando R$ 8 milhões para os quatro selecionados. O prazo para implantação é de 18 meses. Os valores serão aplicados conforme regulamento do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do Setor de Energia Elétrica da ANEEL. Tecnologia para excelência operacional  Acompanhando as tendências atuais, para esta edição, a expectativa é receber mais projetos com foco voltado em produtos, envolvendo novas tecnologias e mesmo soluções que envolvam uso de inteligência artificial. Serão selecionadas quatro propostas inovadoras dentro dos seguintes desafios: Análise contínua da qualidade de óleo hidráulico. Monitoramento preditivo devido a cavitação. Navegação em BIM integrado aos dados de O&M. Análise automatizada de formulários de saúde e segurança. Geração inovação: histórico e novidades Na edição anterior, foram inscritos 107 projetos, três selecionados e um investimento total de R$ 4,7 milhões.  "A expectativa para este ano é superarmos em cerca de 40% o número de inscritos de 2023 e aumentarmos a diversidades dos players, o que tornará nossa escolha mais difícil, porém com um ganho enorme em qualidade e tecnologia", afirma Pedro Curcio, diretor de TI, Processos e Inovação. O prazo final para as inscrições é no dia 29 de janeiro e o regulamento completo e link para os formulários de inscrição estão disponíveis no site da companhia, https://energia.spicbrasil.com.br/geracao-inovacao-2024. Nesta terceira edição, a consultoria a auxiliar a SPIC no processo de seleção e na avaliação das equipes de cada projeto inscrito será da Liga Ventures. Com quase 10 anos de atuação, a Liga é pioneira no mercado de aceleração corporativa e corporate venture, e trabalha para conectar grandes empresas a startups inovadoras, buscando impulsionar a transformação digital e a colaboração entre o ecossistema empreendedor e as grandes organizações. “O Programa Geração Inovação visa colaborar com a digitalização e eficiência das usinas hidrelétricas brasileiras, a partir modelagem 3D, desenvolvimentos de softwares mais modernos e evolução dos processos de transformação digital. E a realização de sua terceira edição demonstra nossa constância e compromisso em fomentar a evolução da inovação no setor”, conclui Adriana Waltrick – CEO da SPIC Brasil. Cases de sucesso Na primeira edição do Geração Inovação em 2022, a companhia fechou parceria com a Sense+, que trouxe uma solução de óculos inteligente para colaboração remota através de tecnologia de realidade aumentada. Outra parceria foi com a AQS, com a aplicação da realidade virtual (VR) para treinamento de operação de equipamentos do sistema, a ser apresentada ao mercado nos fóruns do setor elétrico. Live de Apresentação No dia 17 de janeiro, às 14h, haverá uma live de apresentação e esclarecimento de dúvidas a todos os interessados a saberem mais e a inscreverem projetos nesta terceira edição do Geração Inovação, no canal da SPIC Brasil no Youtube. Participem!   Serviço Programa Geração Inovação 2024 Inscrições: 15 de janeiro a 29 de janeiro Informações, regulamento e formulário de inscrições: https://energia.spicbrasil.com.br/geracao-inovacao-2024
SPIC Brasil conclui operação para financiar projetos solares no Nordeste brasileiro
A SPIC Brasil concluiu a Emissão de Notas Comerciais no montante de R$ 1.3 bilhão, direcionadas à implantação de projetos de geração de energia solar fotovoltaica no Nordeste do país. A operação foi realizada com os bancos Bradesco BBI e Santander e os desembolsos ocorreram ao longo dos meses de julho e de dezembro desse ano, sendo que toda a operação foi concluída em 21 de dezembro de 2023. Os recursos serão importantes para financiar a conclusão dos primeiros parques de energia solar da SPIC no Brasil: os complexos solares de Panati, na cidade de Jaguaretama (CE), e de Marangatu, em Brasileira (PI). Juntos, eles totalizam 738 MWp de capacidade instalada e representam a entrada da companhia na geração de energia de fonte solar no Brasil. Atualmente os projetos se encontram em fase final das obras, com início das operações previsto para o primeiro semestre de 2024. A SPIC Brasil terá até o dia 14 de julho do próximo ano para liquidar essa dívida com os bancos emissores das Notas Comerciais. A estratégia é fazer o pagamento a partir de novas captações para financiamentos de longo prazo. Com ativos que somam mais de 3 GW no Brasil, a SPIC já opera a Usina Hidrelétrica São Simão, na divisa entre os estados de Minas Gerais e Goiás, dois parques eólicos na Paraíba – Millennium e Vale dos Ventos - e tem participação no maior complexo de gás natural da América Latina, o GNA (Gás Natural Açu), em São João da Barra (RJ).
SPIC Brasil é certificada com o Selo Pró-Ética 2022-2023 da CGU
Reconhecimento comprova os esforços da empresa em promover um ambiente corporativo mais íntegro, ético e transparente A SPIC Brasil anuncia a conquista do Selo Pró-Ética, uma distinção no cenário empresarial nacional, que reconhece a excelência em integridade, ética e transparência. [ez-toc] O prêmio é concedido pela Controladoria-Geral da União (CGU). Destaque para área de Risco e Compliance O selo é um reconhecimento à notável iniciativa capitaneada pela área de Risco e Compliance da SPIC.  A área de Risco e Compliance – liderada pelo Diretor Odair Oregoshi - foi responsável por gerenciar os esforços, compartilhados por toda a empresa, de implementação de práticas que visam prevenir fraudes,  corrupção e outras irregularidades éticas, seja nas relações com o setor público , seja no setor privado. Nesta edição do selo, 367 organizações se candidataram, 254 foram para segunda fase e 84 foram aprovadas. Integridade, Transparência e Ética Destaca-se que, já em sua primeira aplicação ao Selo, a SPIC Brasil é condecorada como uma empresa Pró-Ética e se junta a empresas renomadas no tripé Integridade, Transparência e Ética de diversos segmentos de atuação.  Essa conquista reflete o compromisso de longa data da empresa com práticas éticas e responsáveis e enfatiza a relevância estratégica da liderança ativa de compliance na promoção de uma cultura corporativa íntegra. A CEO, Adriana Waltrick, destacou a importância do reconhecimento.  "O Selo Pró-Ética é o resultado de um trabalho incansável ao longo dos anos, e recebê-lo é uma demonstração do nosso firme compromisso com a ética, a integridade e transparência em todas as nossas relações. Esta premiação não apenas valida os esforços passados, mas também nos inspira a avançar com ainda mais determinação." Selo Pró-Ética e a premiação O Prêmio Pró-Ética, lançado em 2010, tem como objetivo incentivar empresas a adotarem políticas e ações que reduzam os riscos de fraudes e corrupção, promovendo a confiança nas relações entre os setores público e privado do país. A SPIC Brasil, ao receber o Selo Pró-Ética 2023, não apenas reafirma seu compromisso com a integridade e a transparência, mas também destaca seu protagonismo no setor no que diz respeito a tais pauta.   Aprimoramento e inspiração A CEO Adriana reforçou o compromisso futuro:  "Este prêmio é mais um incentivo ao aprimoramento das nossas práticas e à contribuição para a construção de um ambiente empresarial cada vez mais ético e transparente. Este é um marco significativo, mas também é um ponto de partida para alcançarmos patamares ainda mais elevados em nossa jornada de integridade." A entrega formal do Selo Pró-Ética 2023 ocorreu durante o Dia da Integridade Empresarial, em 30 de novembro, no Teatro das Artes, em São Paulo.  A cerimônia marcou não apenas uma celebração das empresas premiadas, mas também um compromisso contínuo com a ética e a integridade no cenário empresarial brasileiro. Continue a acompanhar os projetos da SPIC, siga a empresa no LinkedIN: https://www.linkedin.com/company/spicbrasil/ 
SPIC Brasil anuncia transação financeira no mercado brasileiro
Captação de recursos no mercado internacional irá refinanciar dívida a juros menores adquiridas na Concessão da UHE São Simão A SPIC Brasil, que opera a Usina Hidrelétrica São Simão,anuncia a conclusão de uma transação financeira pioneira no mercado brasileiro. Na semana de 16 a 20 de outubro, a companhia estruturou captações de recursos, no mercado internacional, junto ao Bank of China, BOCOM, Deutsche e ICBC no montante de RMB 2,2 bilhões (aproximadamente R$ 1,6 bilhão), com prazos de 1 a 3 anos e pagamento de juros trimestrais.  A companhia também contratou operações de derivativos (swaps), no mercado local, com o Itaú, JP Morgan, BOCOM BBM e Deutschea um custo final médio abaixo do CDI.  Esses recursos serão integralmente direcionados para capital de giro e pagamento das dívidas com vencimento em outubro e novembro de 2023, garantindo melhoria na liquidez da empresa com uma gestão eficiente de capital e recursos. Transferência de recursos para o Brasil A estratégia mais vantajosa, após uma avaliação no mercado nacional e internacional, envolveu a captação de dívida na China, com a transferência desses recursos para o Brasil e a realização de operações de derivativos (swap) para converter o risco da moeda chinesa para reais, com custo final (após derivativos) abaixo do CDI. O montante captado pela SPIC Brasil Holding foi de RMB 560 milhões(R$ 385 milhões) junto ao Bank of China com prazo de 1 ano. Além disso, a subsidiária da SPIC Brasil, a UHE São Simão, captou RMB 1,7 bilhão (aproximadamente R$ 1,2 bilhão), da seguinte forma: -  Loan de RMB 1,0 bilhão (R$ 680 milhões) junto ao BOCOM, com vencimento em 3 anos e derivativo com o BOCOM BBM - Loan de RMB 300 milhões (R$ 206 milhões) com o banco ICBC, com vencimento em 3 anos e derivativo com o Deutsche. -  Loan de RMB 400 milhões (R$ 275 milhões) com o Deutsche Bank, com vencimento em 1 ano. Por fim, as captações na Spic Brasil e na UHE São Simão obtiveram um custo final médio (após derivativos) abaixo do CDI. Transação com custos mais atrativos A transação está na total realização em renminbi (RMB), em um montante até então inédito entre um banco brasileiro e um banco chinês, intermediado pelo BOCOM, com a captação de recursos no exterior no montante de RMB 2,2 bilhões (R$ 1,6 bilhão) com o custo médio convertidos para reais abaixo do CDI (taxa livre de risco do Brasil). A economia de custo da dívida é superior a R$ 50 milhões ao longo de 3 anos, demonstrando eficácia nesta estratégia. “A transação possibilitou à SPIC Brasil reduzir significativamente o custo de sua dívida para os próximos anos fruto da concessão da UHE São Simão realizada em 2018, o que contribuirá para melhorar os resultados financeiros da companhia.  Além disso, fortalece a posição da empresa no mercado energético brasileiro e abre o cenário para transações semelhantes entre outras instituições, fortalecendo a parceria com a China e o financiamento de ativos e projetos que garantem a segurança energética do Brasil”, ressalta Paulo Dutra CFO da SPIC Brasil. Alternativas e internacionalização do renminbi  O renminbi, frequentemente abreviado como RMB, é a moeda oficial da República Popular da China. Ele é emitido e controlado pelo Banco Popular da China, o banco central do país. O renminbi é uma das moedas mais amplamente usadas no mundo, e sua internacionalização tem sido uma prioridade para o governo chinês. No contexto da transação realizada pela SPIC Brasil, a utilização do renminbi é significativa, pois representa um esforço para evitar as taxas de câmbio e os custos associados às transações em dólar. Essa estratégia faz parte de uma tendência global em que governos e empresas buscam criar alternativas ao dólar americano nas transações internacionais, com o objetivo de reduzir a dependência dessa moeda.
SPIC Brasil anuncia 2a Corrida de Rua em São Simão (GO) aberta para toda comunidade
Evento fecha ano de celebração do aniversário de 45 anos da Usina Hidrelétrica de São Simão A cidade de São Simão, no coração de Goiás, se prepara para receber a 2a Corrida de Rua SPIC Brasil São Simão 2023. O evento é realizado em parceria com o SESI Quirinópolis e Prefeitura de São Simão para celebrar os 45 anos da Usina Hidrelétrica de São Simão.  A competição está marcada para o dia 25 de novembro de 2023 (sábado), com largada às 7h da manhã, na orla do Lago Azul, em São Simão (GO). Inscrições As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas pela comunidade de 29 de outubro a 10 de novembro pelo site www.ticketando.com.br/event/corridaspic  Haverá duas modalidades da competição, com rotas de 6 km e 10 km, ambas para público misto. A participação é permitida para pessoas com mais de 18 anos, completos até outubro de 2023. Os 200 primeiros inscritos terão direito ao kit-corrida, que inclui uma camiseta, número de peito, alfinetes e chip. As entregas para a comunidade seguirão o seguinte calendário: Participantes de Quirinópolis e Região: 23 de novembro, de 8h às 18h, na sede do SESI/SENAI Quirinópolis (Rod. GO 164 Km 10) na Sala do SESI. Demais inscritos: 24 de novembro, das 8h às 11h30min e de 12h30min às 18h, na Praia do Lago Azul (quiosque próximo à placa - Eu amo São Simão), na cidade de São Simão (GO). Para retirar o kit, será necessário apresentar o protocolo de inscrição e documento de identificação. A inscrição é pessoal e intransferível, e qualquer violação desse critério resultará na desclassificação do participante. É recomendável que cada participante faça uma avaliação médica e física antes do evento, pois a organização não disponibilizará exames médicos prévios. Premiações Serão distribuídos troféus para os três primeiros colocados em cada categoria (6 km e 10 km), além de medalhas de participação para os 200 primeiros inscritos. Também haverá premiação para o primeiro colocado acima de 50 anos nas duas categorias. Paulo Cesar Pereira, Gerente Sênior da UHE São Simão, destaca que a programação também inclui um espaço para as crianças, contemplando assim toda a família. "A primeira edição da Corrida SPIC Brasil São Simão, no último ano, foi um sucesso e estamos empolgados para repetir esse êxito com uma ampla participação. Queremos que esta corrida seja um evento para toda a família, promovendo não apenas o esporte, mas também o convívio e a celebração da comunidade." Para continuar a acompanhar as ações da SPIC, acompanhe nosso perfil no Instagram: https://www.instagram.com/spicbrasil/
1 2 3 4 5 6 7 8

O que procura?